Inspiração: Marlene Deque!

Olá afro´s! 
No correr da nossa jornada capilar é sempre bom conhecermos outras realidades. Por essa razão, teremos com frequência entrevistas com algumas meninas que nos contarão os seus segredos "cabelísticos" e, desta forma, serviram de fonte de inspiração.
A afro a estrear este espacinho entrevistas é a minha querida Marlene Deque a quem eu quero agradecer pela disponibilidade e simpatia. Sem mais rodeios, vamos conferir!

Ola minha querida! Apresenta-te por favor...
Eu sou a Marlene Deque, sou angolana e resido em Portugal. Tenho o cabelo natural desde 26 de Março de 2011, altura em que fiz o big chop (grande corte), após 5 meses de transição.
Big Chop/Grande Corte

Quais foram as razões que te levaram a usar o teu cabelo no seu estado natural? Decidi usar o cabelo natural porque o meu cabelo estava a cair imenso, como resultado de químicas (desfrisantes) e alguma negligência minha, confesso. Todos sabemos que os cabelos quimicamente tratados carecem de cuidados redobrados.O meu cabelo partia muito, sobretudo na parte da nuca, estava sem brilho e fraco. Quando fui procurar alternativas para recuperar os fios descobri vídeos de mulheres afro-americanas no youtube e foi nessa altura que fiquei a conhecer sobre o conceito do cabelo natural. Fiz a transição durante 5 meses, depois o big chop e não me arrependo!  
 
Como descreverias a textura do teu cabelo? O meu cabelo é uma mistura engraçada de 4 A e 3 C, acho eu. Ele é mais crespo a frente e mais fino no meio e na parte de trás.
Algumas fotografias tiradas após o big chop
Tens algum regime capilar? Eu lavo e condiciono o cabelo três vezes por semana. Faço hidratação com máscara uma vez por semana e uso óleos como óleo de coco, azeite de oliva, seruns e um bom creme de pentear na hora de estilizar. O segredo para um cabelo saudável e forte é sem duvida a hidratação.
Comparação do comprimento 2011-2013

Que produtos usas para manter a juba saudável? Eu uso muito a linha da Herbal Essence, Hello Hydration e a linha da Garnier com azeite de oliva e manteiga de karité. Uso óleo de coco extra virgem, azeite de oliva e neste momento estou a usar o serum da tresemmé muito bom, recomendo.Como creme de pentear uso o broto de bambu da Novex, é o meu favorito.

Qual é o estilo que usas no dia-a-dia?
No dia a dia uso muito o cabelo solto ou apanhado. Não sou muito criativa em relação aos penteados, por isso gosto muito de acessórios. As vezes estico com secador ou prancha, mas é muito raro e quando o faço, protejo sempre o cabelo.
Tamanho do Puff
Quais são as tuas inseguranças em relação ao teu cabelo?
Desde que comecei a usar o cabelo natural acabaram-se as inseguranças em relação ao cabelo. Tento apenas cuidar muito bem dele. É uma liberdade quando nos aceitamos como somos. Para mim usar o cabelo natural significa liberdade total, por isso eu uso das formas mais variadas possíveis, sem radicalismos nem complexos. Por exemplo esticar o cabelo para muitas mulheres que usam o cabelo natural é um retrocesso, para mim não! Significa que o meu cabelo pode ser apresentado de várias formas e quando volta a sua forma original não é " sei lá o quê" é uma carapinha que me enche de orgulho. Quantas raças podem dar-se a esse luxo!?
Comprimento do cabelo em  2013
Para fechar a nossa conversa, algum conselho?
Divirtam,-se com o vosso cabelo desde que seja com responsabilidade para não o danificarem, não se chateiem, nem briguem por causa dele, divirtam-se apenas.

Meninas, inspirem-se! 

4 comentários:

  1. Gostei mto da entrevista, foi inspirador, obrigada por partilhar ^_^

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi Ellis, obrigado pelo apoio e pelo feed! Verdade, a Marlene é de facto uma inspiração! Beijão

      Eliminar