Ayurveda: Uma pequena introdução!


A cada dia que passa tento encontrar soluções mais saudáveis para o tratamento do meu cabelo e do corpo também. Faz já algum tempo que estou de olho nos ensinamos da medicina Ayurveda ou Ayurvédica e, por essa razão, achei por bem partilhar com todos vocês o que aprendi até hoje. 

Este sistema medicinal indiano é usado  há mais de 7,000 anos e derivado do termo  sânscrito"ayur" (vida)  e "veda" (conhecimento ou ciência). Portanto,  Ayurveda significa  "A Ciência da Vida".


“O termo ayus é a combinação de corpo, órgãos dos sentidos, mente e alma”
 ( Caraka Samhita, trad. Dash e Sharma, 2007: vol I, p 25)


A Medicina Ayurvédica afirma que tudo no universo é formado por 5 elementos naturais. São eles o éterarfogoágua e terra. Toda a matéria que existe no universo provém destes 5 elementos, inclusive o corpo humano, dotado de buddhi - discernimentoahamkara - ego e manas - mente).
Os elementos se unem dois a dois para formar os doshas (caracterização do perfil biológico do indivíduo) que actuam na nossa fisiologia assim como na formação dos desequilíbrios psicofísicos. 


Dosha Vata: é formado pelo espaço ou éter e ar. É frio, leve, seco, móvel e rápido. Actua essencialmente nas funções excretória e nervosa. 
Dosha Pitta:  é gerido pelo fogo e água. É quente, moderado e oleoso e actua principalmente na função metabólica e digestiva. 
 Dosha Kapha: é formado pela terra e água. É pesado, oleoso, frio e lento. É responsável pela lubrificação dos tecidos. 
De acordo com o Ayurveda, quando algum dos 5 elementos está em desequilíbrio no corpo do indivíduo, inicia-se o processo da doença/ expressões patológicas. Para tratarmos os nossos desequilíbrios temos que antes apontar o dosha que está em desarmonia. 
Para resolver os desequilíbrios, a Ayurveda  utiliza diversas técnicas e ferramentas terapêuticas para equilibrar os doshas: massagem, óleos medicinais, dieta, rotina diária de hábitos saudáveis,  recomendação de atividade física, prática de yoga e meditação, entre outras coisas.
Quanto ao cabelo, a abordagem Ayurveda sugere que o cabelo é produto dos tecidos ósseos. Sendo assim, o tecido responsável pela estrutura óssea é também responsável pelo crescimento dos fios. Existem três tipos de cabelo:

Vata: cabelos quebradiços, sem nutrientes, sem brilho, secos, pouco volumosos e de textura fina;

Pitta: cabelos oleosos, com propensão à queda,  caspa, seborreia, couro cabeludo sensível e com textura fina;

Kapha: cabelos volumosos, grossos, ondulados e com brilho.


Para o tramamento do cabelo são usados óleos, ervas e infusões que fazem a vez dos produtos industrializados. 

Em suma, cabelo saudável é resultado de um corpo saudável.  Para quem , tal como eu, procura ter um corpo e cabelo saudável tratando-o da forma mais natural possível, este é o caminho a seguir.  

 Aquele que satisfaz-se diariamente com alimentos saudáveis e com actividades que discriminam ( o bom e ruim em tudo e age sabiamente), que não é apegado  ( demasiadamente) aos objcetos dos sentidos, que desenvolve o acto da caridade, que considera todos como iguais  ( agindo com gentileza),com sinceridade, com perdão e mantendo a companhia de pessoas boas, torna-se livre de todas as doenças” ( Vagbhata, Astanga Hrdayam, tradução de Murthy, 2007: vol I, p 52)

Sem comentários:

Enviar um comentário