"Eu desfrisei/relaxei o cabelo porque..."

Com a criação do blog tenho tido a oportunidade de interagir com pessoas das mais variadas idades e "situações capilares".  

Sempre que troco ideias  com as meninas que desfrisam/relaxam o cabelo pergunto qual o motivo que as levou ou leva a desfrisar /relaxar os fios.  Eis as respostas mais frequentes:  

1. "O cabelo torna-se mais fácil de manejar".
2. "Estava cansada de pentear o meu cabelo natural".
3. "Quero usá-lo solto".
4. "Todas as minhas amigas usam o cabelo desfrisado".
5. "Adoro fazer rabo de cavalo".
6. "É mais bonito usar o cabelo desfrisado". 
7. "O cabelo desfrisado dá-me um ar de  “mulher".
8. "O meu cabelo é grosso, muito grosso mesmo".
9. "Sempre quis ter o cabelo parecido ao da artista que admiro". 
10. "Tenho mais opções de estilos usando o cabelo assim".

Confesso que revejo-me em alguns dos pontos  acima referidos. Ao contrário de 90% das meninas com quem interajo, a minha mãe foi contra a minha decisão de desfrisar o meu cabelo. Hoje dou-lhe razão...hahahahahahaha. 

E tu, desfrisas ou já desfrisaste o cabelo? Se sim, espelhas-te em alguma das razões mencionadas? 

6 comentários:

  1. Eu desfrisei "Tarde" ja grandinha e foi porque tinha um casamento e quis me "Sentir Moça" serio...mas depois fui fazendo varias avarias e algumas delas ela usar natural...todas as vezes que eu usei o meu cabelo natural, qdo fosse ao salão perguntavam-me "tens a certeza?" isso nos Estados Unidos...já em Angola se vou com o cabelo Natural para lavar, perguntam-me: "Esse cabelo" SIM este cabelo, uso-o natural, e ADORO!!! A verdade é a Seguinte: Todo tipo de cabelo dá trabalho, e todo tem varias opções de penteados, portanto, cada um com a sua escolha! Eu optei pelo Afro, a minha mãe tb é Afro, e se depender de mim...as minhas filhas serão Afro!!!
    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi Claudia! Como sempre, fiel ao teu EU. Adoro! Sê forte pois é isso que nos faz diferentes num mundo em que o liso é considerado o mais atraente, mais profissional, mais tudo!

      Eliminar
  2. Olá. Gosto muito do blog, é difícil encontrar blogues de cabelo natural com que me identifique. O meu nome é Cris e deixo aqui o meu (longo) testemunho. Sou de ascendência Caboverdiana e desde pequena que fui influenciada pelo conceito de ter 'bom cabelo' (quanto mais liso e comprido melhor, aos olhos da minha família). A verdade é que nunca soube pentear o meu cabelo e os comentários de outras pessoas não ajudavam porque consideravam o cabelo afro como estando desleixado e sem pentear. Como resultado usava-o sempre enrolado atrás. Não sabia que não devia pentear o cabelo seco (escovava a seco todos os dias), não sabia que os caracóis que surgiam no duche podiam durar se usasse produtos adequados, não sabia nada. Tenho memórias terríveis de infância da minha mãe a pentear-me. Dos 17 aos 23anos usava o desfriso para abrir a raiz (o chamado texlaxing) do cabelo para que o conseguisse pentear, a cada 4 ou 5 meses. Aos 18 passei a usá-lo sempre a minha juba relaxada e encaracolada e esticava de tempos a tempos. Aí toda a gente dizia que estava bonita e que o meu cabelo era enorme e isso irritava-me profundamente (porque o meu cabelo ao natural não era bom o suficiente?) Eu não sabia que devia desfrisar com regularidade para que a linha de demarcação entre as texturas não enfraquecesse o cabelo e o meu cabelo começou a partir no meio do fio. Aí já estava farta e resolvi cortá-lo (crime para a minha família) e resolvi deixar de desfrisar, mas não sabia nada sobre o meu cabelo nem que havia um grande movimento de cabelo natural na internet com que podia aprender. Quando descobri, através de uma colega que também está ao natural, a minha vida mudou. Ainda ouço comentários despropositados mas ainda bem que o fiz. Aprendi a esticar o cabelo com o método que aprendi neste blog e estou muita grata. Desculpa o testamento. Vou continuar a ler este blog. Cris

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hey Cris! Fico extremamente feliz por saber que este blog tem sido de grande ajuda.
      Agradeço-te imenso por partilhares a tua experiência. Ainda bem que encontraste força em ti para assumir a tua naturalidade. Comentários ruins, capazes de pôr em cheque a tua decisão são uma constante, portanto sê forte. Boa jornada! Kisses

      Eliminar
  3. Toda a vida tive cabelo desfrisado. A minha mãe é que me desfrisou para ser mais fácil de tratar.
    Preciso de um conselho: actualmente tenho cabelo desfrisado com um desfrisante de criança fraquinho. Estico 2 vezes por semana o cabelo ( estou a tentar reduzir para 1 semana) o meu cabelo tem muitas pontas espigadas mas eu adoro cabelo colorido e queria pintar o cabelo de rosa ou azul. Será que é uma boa ideia? Quais são os teus conselhos? Quais são as tintas apropriadas? Eu sou jovem e gostaria de ter a experiência de alguma vez pintar o cabelo de uma cor diferente. Podes me ajudar?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Daniela Fernandes!
      Espero que esteja tudo bem contigo. Agradeço imenso o teu feedback.


      Então, pelo que li tens pontas espigadas. Isso significa que o teu cabelo não está em condições de passar por mudanças tão radicais. Aconselho-te primeiro a tratar do teu cabelo:

      - Retira as pontas espigadas;
      - Reduz o uso de ferramentas térmicas. Esticar 2 vezes or semana é imenso, só danificas o teu cabelo.
      - Trata do teu cabelo pelo menos 1 vez por semana;
      - Opta por estilos protectores, que te permitam "Deixar o cabelo em paz".

      São apenas algumas dicas. Podes descobrir mais lendo as matérias disponíveis no blog.

      Quanto as colorações, prometo fazer uma materia sobre isso.

      Abraço

      Eliminar